Sábado, 22 de junho de 2024

Sábado, 22 de junho de 2024

Gusttavo Lima fora de Barretos 2023 após pedido de cachê milionário

Surpresa no rodeio Barretos 2023: Gusttavo Lima, o ‘Embaixador‘, é excluído do evento após solicitar 50% da bilheteria, equivalente a R$6 milhões.

Os amantes da música sertaneja enfrentam uma decepção este ano. Gusttavo Lima, o aclamado “Embaixador“, não fará parte da programação da Festa do Peão de Barretos 2023. Segundo apurações exclusivas feitas pela equipe do Movimento Country, o cantor teria pleiteado 50% do valor da bilheteria para sua apresentação, totalizando cerca de R$6 milhões de reais.

O ingresso médio para o evento custa R$150,00. No passado, Lima chegou a atrair mais de 80 mil pessoas para seu show na Arena. Com tal audiência, a renda total da bilheteria alcançaria em torno de R$12 milhões. Desta quantia, metade iria direto para o bolso do cantor, caso sua demanda fosse atendida. No entanto, essa seria uma situação sem precedentes na história do evento.

Gusttavo Lima se consagrou no cenário nacional como “Embaixador” durante a Festa do Peão de Barretos 2017, quando se tornou o padrinho do maior rodeio da América Latina. Em 2018, gravou o maior projeto de sua carreira até então, Embaixador em Barretos. Lima seguiu dominando as rádios do Brasil por quatro anos consecutivos e liderando a lista dos maiores cachês sertanejos desde 2019.

Este ano, porém, o marido de Andressa Suita enfrenta sua primeira grande crise de carreira. Ele viu o valor do seu cachê cair, teve shows cancelados e, pela primeira vez em 7 anos, realizou apenas 10 apresentações por mês, segundo a agenda oficial do artista divulgada em março.

A razão para a queda no número de shows de Gusttavo Lima parece ser multifatorial. Primeiramente, há a questão do seu repertório desgastado e defasado. O cantor tem apostado na Bachata desde 2018 e, segundo especulações, pretende aderir ao Agronejo, estilo liderado por artistas como Us Agroboys, Luan Pereira e Leo e Raphael.

Ademais, declarações polêmicas e machistas durante seus shows têm causado desconforto entre o público. Para piorar, o cantor se tornou uma figura associada ao ex-presidente Jair Bolsonaro, envolvido em diversos escândalos e investigações por corrupção.

Gusttavo Lima também é o centro do escândalo chamado de “CPI do Sertanejo“, que investiga cachês milionários e desproporcionais pagos ao cantor em municípios pequenos. Esse conjunto de fatores desgastou a imagem do cantor perante o público e os contratantes, aumentando a relutância das prefeituras em vincular-se a acusações de pagamento de cachês superfaturados.

Portanto, a ausência de Gusttavo Lima em Barretos 2023 pode ser vista como um reflexo de sua crise atual. Os próximos passos do “Embaixador” serão observados de perto pela indústria e seus fãs.

Foto: Reprodução Instagram

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Gusttavo Lima e Marrone: A Sociedade Milionária no Ramo dos Negócios
Paula Fernandes revela ter sido prejudicada financeiramente na carreira
Deixe seu comentário

No Ar: Manhã 104