Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

Biografia de Marília Mendonça: Tudo sobre a eterna rainha da sofrência

Em uma carreira marcada por desafios e batalhas, Marília Mendonça se superou e conquistou o coração do público para a eternidade. Marília Dias Mendonça, conhecida pelo mundo como Marília Mendonça, foi uma cantora e compositora brasileira de música sertaneja.

Nascida em Cristianópolis, Goiás, em 22 de julho de 1995, a artista teve uma trajetória que durou pouco mais de cinco anos, mas que foi suficiente para deixar sua marca na música brasileira e conquistar fãs em todo o mundo com suas letras sinceras e emocionais.

Criada em Goiânia, Marília Mendonça cresceu em um ambiente musical e desde muito jovem demonstrou interesse pela música, cantando em corais da igreja e tocando instrumentos como violão. Aos 12 anos, ela começou a escrever suas primeiras canções, e aos 18 anos, passou a se dedicar à carreira musical.

Foi através da composição que Marília começou a se destacar no cenário musical. Suas letras sinceras e emocionais conquistaram o público e chamaram a atenção de grandes artistas, como Henrique e Juliano, Cristiano Araújo e Jorge e Mateus, que gravaram suas músicas e se tornaram sucessos em todo o país.

No entanto, Marília sempre sonhou em ser uma artista completa, cantando suas próprias músicas. Em 2014, ela se lançou oficialmente como cantora com um EP homônimo, mas não obteve grande sucesso. Em junho de 2015, “Impasse“, a primeira grande parceria com Henrique e Juliano, chegou ao mundo e rendeu um bom sucesso para a carreira da sertaneja.

Em março de 2016 foi lançado o seu primeiro álbum, intitulado “Marília Mendonça”, que incluía sucessos como “Infiel” e “Sentimento Louco“. O projeto foi um sucesso, e Marília rapidamente se tornou uma das principais revelações da música sertaneja, tendo a segunda música mais tocada das rádios naquele ano. A partir daí, a carreira de Marília decolou. Em 2016, ela lançou o álbum “Ao Vivo”, que foi gravado durante um show em Goiânia e incluía o sucesso “Eu Sei de Cor“, que se tornou hit em todo o país. O sucesso de Marília aumentou drasticamente e ela se tornou uma das principais artistas do cenário sertanejo.

Nos anos seguintes, Marília lançou vários outros álbuns de sucesso, incluindo “Realidade” (2017) e “Todos os Cantos” (2019). Suas músicas conquistaram milhares de fãs em todo o Brasil, e ela se tornou conhecida como a “rainha da sofrência”, por suas letras que abordam temas como amor, traição e superação.

Embora no ramo profissional parecesse tudo muito lindo, a vida de Marília não foi fácil. A cantora sertaneja sempre foi muito sincera em suas músicas, e muitas vezes elas refletiam experiências pessoais difíceis. Ela já falou abertamente sobre questões como ansiedade, depressão e problemas com a autoestima. Em uma entrevista, a artista revelou que sofreu bullying na infância e que isso afetou sua autoconfiança.

Apesar dos desafios, Marília sempre manteve sua fé em Deus e sua paixão pela música. Ela acreditava que suas músicas podiam conversar com seu público, sobretudo as mulheres, e esse foi um dos grandes motivos de sua fama absurda e letras cativantes que expunham o cotidiano da mulher brasileira.

Em 2019, Marília Mendonça assumiu um relacionamento com o também cantor e compositor sertanejo Murilo Huff, após especulações correrem na internet. O casal namorava às escondidas desde 2017 por medo do rapaz ser acusado de estar se relacionamento com a cantora por interesse, já que ele ainda estava começando sua carreira.

Logo depois do anúncio, a cantora sertaneja compartilhou a gravidez do seu primeiro filho para seus fãs. O pequeno Léo chegou ao mundo em dezembro de 2019 e, desde então, sua vida mudou completamente – mas foi só alegria para a cantora e sua família.

Desde então, a vida de Marília Mendonça mudou completamente. Ela se tornou uma mãe dedicada e passou a dividir seu tempo entre a carreira e o cuidado com o filho. A cantora também passou a compartilhar momentos da maternidade com os fãs, mostrando o dia a dia de Léo e suas aventuras como mãe de primeira viagem.
Marília Mendonça encabeçou um dos projetos de maior sucesso na história da música sertaneja: o “Patroas“, com Maiara e Maraisa.

Juntas, as amigas colocaram ainda mais as mulheres em evidência e cantavam sem pudor sobre a vida feminina e dores como traição, fim de relacionamento e até a bebedeira delas mesmas nos bastidores.
“Patroas” imprimiu com sucesso a identidade das cantoras e foi o maior sucesso entre o público, tendo recebido muitos prêmios e elevado ainda mais o “feminejo”, gênero que Marília Mendonça praticamente fundou com sua ascensão na música sertaneja.

A qualidade artística de Marília Mendonça a levou para um grande patamar. Na pandemia, Marília quebrou o recorde mundial de live mais assistida simultaneamente no mundo, além de ter aparecido em rankings mundiais de mulheres mais tocadas no mundo, dividindo espaço com popstars como Adele, Rihanna e Taylor Swift.
Marília também se tornou um fenômeno nas plataformas de streaming, sendo a artista brasileira mais consumida no YouTube e Spotify – marcas que ainda permanecem intactas mesmo após a sua morte trágica e podem continuar por anos adiante.

Em seus poucos anos de carreira, Marília Mendonça foi conhecida pela sua excelência artística que a renderam muitos prêmios, como o Troféu Imprensa, Prêmio Multishow, Melhores do ano e o prêmio máximo da música: o Grammy Latino, que venceu em 2019 com o álbum “Todos os Cantos”. Marília Mendonça também recebeu outras 3 indicações ao Grammy Latino na categoria “Melhor Álbum de Música Sertaneja”, sendo duas delas com o projeto “Patroas”, mas acabou perdendo.

Na ocasião, o avião bimotor que transportava a cantora sertaneja e seu tio/empresário, colidiu com fios de eletricidade enquanto se preparava para pousar e perdeu o controle, caindo em uma cachoeira. Todos os ocupantes da aeronave morreram. A notícia chocou fãs de todo o país e do mundo, que se manifestaram nas redes sociais com mensagens de carinho e solidariedade à família de Marília. A comoção foi tamanha que seu nome ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter por dias seguidos.

Marília Mendonça, conhecida como a “Rainha da Sofrência”, deixou um legado incrível na música brasileira. Com uma carreira meteórica, ela conquistou o coração de milhões de fãs com sua voz potente, letras sinceras e melodias envolventes.

Além de seu talento musical, Marília era admirada por sua personalidade autêntica e sua humildade. Ela sempre manteve uma relação próxima com seus fãs, que a acompanharam desde o início de sua carreira, em Goiânia, até o auge do sucesso. Seu legado viverá para sempre na memória e no coração dos fãs, não apenas como uma grande artista, mas também como uma pessoa que inspirou muitos fãs com sua música e história de vida.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Remix Sertanejo domina as playlists sertanejas
Vítima de preconceito, Lauana Prado fala sobre chegada do primeiro filho com namorada: “Questão de tempo”
Deixe seu comentário

No Ar: Manhã 104