Sexta-feira, 01 de março de 2024

Sexta-feira, 01 de março de 2024

3 meses do fim de Simone e Simaria: como as cantoras estão tocando a vida?

18 de agosto de 2022 marcou o fim da dupla sertaneja Simone e Simaria. Após alguns desentendimentos sobre os rumos da carreira, as irmãs decidiram que o melhor caminho para era tocar a vida profissional era de forma individual. Assim, cada uma poderia sair em busca do que sonhava trabalhar após atingirem o posto de maiores cantoras sertanejas do Brasil. A solução, no entanto, acabou chocando milhares de fãs pelo país.
Passados três meses após o fim da parceria, Simone e Simaria vivem realidades distantes. Uma já de o seu start na carreira profissional, enquanto a outra ainda está cuidando em cuidados pessoais para voltar a cantar em 2023. Splash te atualiza como está a vida das artistas após deixarem de subir juntas nos palcos.

Start na carreira solo Depois do fim da dupla com Simaria, a cantora Simone Mendes, de 38 anos, não perdeu tempo e reuniu um time de compositores para ajudá-la a dar o pontapé em sua carreira solo. O colunista Lucas Pasin, de Splash, trouxe 14 dias após o encerramento da dupla uma foto de Simone em reunião com o empresário, Roberto Costa, e com a equipe de gestão e divulgação – incluindo o empresário Kaká Diniz, marido da cantora, e Caio Mendes, irmão das “coleguinhas” – para prepararem a identidade visual e definir novos lançamentos.

“Estou em um momento muito importante desse novo ciclo e não posso deixar de dividir com vocês. Audições, definição de nova identidade visual, tudo. Posso dizer que é muito trabalho, mas estou feliz e ansiosa para mostrar tudo o quanto antes. Aguardem o nosso reencontro”, disse Simone, em conversa com a coluna. Em conversa com os seguidores no Instagram, Simone Mendes negou os boatos de que iria migrar para a música gospel e garantiu que, no momento, gostaria de dar uma “roupagem” nova aos trabalhos.

“Eu andei lendo algumas matérias falando que eu iria seguir carreira no gospel. Veja: Todo mundo sabe que eu sou cristã, minha família, meu marido, há muitos anos, 20 anos. Mas eu ainda não vou seguir o gospel, porque ainda não é tempo de fazer o gospel. Sou apaixonada, amo louvar, é o que me traz paz, alegria, felicidade, mas eu preciso obedecer o tempo de Deus. Eu permaneço cantando um estilo de som que eu também amo, que eu cresci ouvindo, que me deu tudo na minha vida, que é o sertanejo”, afirmou.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Paula Fernandes não se cala e surpreende Faustão com desabafo: “Eu sofri muito”
Vídeo de Marília Mendonça instantes antes de morrer vai parar em processo na Justiça
Deixe seu comentário

No Ar: Estação 104