Sexta-feira, 01 de março de 2024

Sexta-feira, 01 de março de 2024

Paula Fernandes não se cala e surpreende Faustão com desabafo: “Eu sofri muito”

A cantora Paula Fernandes fez um desabafo contundente durante uma participação no Faustão na Band exibido nesta terça-feira (22). Ela surpreendeu Faustão com a coragem que demonstrou. Tudo começou quando ela foi questionada sobre a presença das mulheres na música sertaneja.
“Entre 2009 e 2010 eu senti que as coisas iriam mudar, pois muitas mulheres acabaram se encorajando, vendo que tinham outras mulheres despontando como compositora e como cantora. Naquela época, eu comecei a ver vídeos de pessoas cantando algumas canções sertanejas”, contou ela. Segundo a cantora, foi uma longa batalha para que ela fosse enxergada pela indústria.

Ao revelar o quanto sofreu para conseguir ocupar um lugar de destaque na música. “Eu sofri muito preconceito, ou melhor, a gente sofre até hoje. Faustão, ainda existem muitas barreiras para as mulheres, mas a gente não pode desistir não! Por isso, eu levanto mesmo essa bandeira do feminejo e acho que a gente tem que se unir”.
Muito aplaudida pela plateia do programa, ela seguiu desabafando e disse que não vai se calar. “Eu tenho aproveitado bastante as minhas participações em programas de TV para falar sobre isso, pois as grades e programações de feiras de rodeios parecem estrangular as mulheres, não dando prioridade. São muitos homens, nada contra eles, nós só queremos direitos iguais, uma igualdade mesmo”.

Ao final, a estrela ainda falou diretamente com aqueles que contratam os cantores sertanejos. “Não podemos esquecer que existem mulheres maravilhosas no mercado. Alô, contratantes! Eu acho que, independentemente do trabalho, são mulheres que estão trabalhando dignamente, fazendo cada uma do seu jeito, dando a sua cara, e, por isso, eu vou continuar levantando essa bandeira mesmo”, afirmou.

ACIDENTE GRAVE
Em agosto, a artista sofreu um acidente em uma rodovia e o carro em que estava chegou a capotar. Ela não ficou ferida, mas passou por um momento de choque. Em entrevista a colunista Fábia Oliveira, ela desabafou sobre como se sente atualmente lembrando da situação.
“Eu estou em paz. Foi um recomeço, uma oportunidade que eu tenho que aproveitar com unhas e dentes. Faço terapia. Ainda tenho alguns flashes porque isso vai passar com o tempo. Mas eu não estou martirizando, nem dramatizando. Foi um acidente que a gente não esperava, uma fatalidade, mas a vida seguiu e está bem melhor agora”, finalizou.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Veja fotos da fazenda que o cantor Amado Batista vendeu por R$ 350 milhões
3 meses do fim de Simone e Simaria: como as cantoras estão tocando a vida?
Deixe seu comentário

No Ar: Estação 104