Domingo, 03 de março de 2024

Domingo, 03 de março de 2024

Fernando Zor Causa Climão E Desativa Rede Social Após Ser Acusado De Machismo

O parceiro do cantor sertanejo Sorocaba, Fernando Zor, desativou sua conta no Instagram após ser detonado por seguidores por fala machista.
O cantor Fernando Zor tomou uma atitude drástica e desativou seu perfil no Instagram após seguidores apontarem machismo em uma de suas últimas postagens. Na última quarta-feira (19), ele postou uma lista de 12 itens que caracterizariam a sua “mulher ideal“, entre eles: “honestidade, fidelidade, ser extrovertida, organizada, não muito magra e não muito gorda, tem que tomar cerveja e comer carne mal passada“. A publicação causou uma onda de críticas contra ex-namorado de Maiara, que inclusive já foi acusado de viver um relacionamento abusivo com a irmã de Maraísa. “Essa vergonha você quer passar no crédito ou no débito?”, disparou um internauta, nos comentários. “Apaga, talvez dê tempo“, disse outro. “Afff se você passasse minimamente perto de ser o homem ideal. Mas nem isso. Sorte da sua ex!“, alfinetou uma seguidora.

Até a filha de 17 anos do cantor, Kamily, pronunciou-se contra o pai. Em seus Stories do Instagram, ela disse que o amava, mas que não concordava com todas as suas atitudes. Já a sertaneja Maraisa usou o Twitter para provocar o ex-cunhado. “Segura aí que vou soltar minha lista de homem ideal“, disse ela. Vale lembrar que Fernando e Maiara terminaram o noivado em setembro, em meio a boatos de traição por parte dele. Depois, Fernando excluiu a postagem. Mais tarde, sua assessoria de imprensa lançou um comunicado alegando que as pessoas não compreenderam o senso de humor do artista. “Quem conhece o Fernando sabe do jeito dele mais brincalhão e descontraído e entendeu que o post feito por ele em sua rede social era uma brincadeira. Mas, algumas pessoas não e, por conta disso, o post foi arquivado pelo próprio“, disse a nota enviada à imprensa.

O cantor sertanejo Fernando Zor, da dupla Fernando e Sorocaba, terá que indenizar uma seguidora por danos morais. A decisão, publicada no dia 20 de abril desse ano, é assinada pelo juiz Luiz Augusto Esteves de Mello, da 1ª Vara Cível de Presidente Prudente. A autora alegou no processo que, em meados de setembro do ano de 2020, tomou conhecimento da realização do sorteio de um automóvel Jeep Renegade 0km, através do Instagram do cantor. Ela explicou que se atentou a cumprir todas as regras, como os requisitos a serem preenchidos pelos participantes para que a participação dela fosse válida.
Ocorre que, no dia 24 de outubro às 10 da manhã, segundo ela, o dia tão esperado do sorteio, viveu o melhor e o pior de seus dias. À Justiça, a participante do sorteio relatou que foi dada como ganhadora do veículo, e a informação foi divulgada no story da página do sorteio, tendo ainda sido certificada de que somente precisaria aguardar até a data da entrega do grande prêmio, tendo sido “informada de que o próximo passo seria o recebimento do prêmio”. No entanto, segundo ela, após alguns minutos, recebeu nova informação de que teria havido um equívoco, e que não seria a real ganhadora, então depois disso ficou sem saber o que houve.

Se sentindo enganada, a mulher entrou na Justiça com contra Fernando Zor, tendo processado o cantor sertanejo em R$ 123 mil, que inclui o pedido da entrega do Jeep Renegade 0km, e ainda indenização de R$ 50 mil por danos morais. No processo, ela ainda explicou que houve a divulgação do sorteio do veículo pelo cantor sertanejo. Segundo a autora, o sorteio correu pela sequência numérica da Lotomania de 23 de outubro de 2020, às 20:00h.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Eduardo Costa Enfrentou Tragédia Que Deixou Seu Rosto Deformado E Quase Lhe Custou A Vida
Filho De Marília Mendonça Explode O Fofurômetro No Seu 1º Dia De Aula
Deixe seu comentário

No Ar: Estação 104