Sábado, 02 de março de 2024

Sábado, 02 de março de 2024

Confira a agenda de shows do “Cabaré” em 2023

Leonardo e Bruno e Marrone assumem a nova formação do “Cabaré” e fazem sucesso com turnê. Após fazer história com Eduardo Costa no “Cabaré“, Leonardo está com uma nova dupla assumindo o projeto: Bruno e Marrone. Apesar da divisão de opiniões do público sobre a nova formação, os passos do projeto estão sendo um completo sucesso, bem como seus eventos, já que a agenda de shows do Cabaré segue lotada.

Com um dos maiores cachês de 2022, o “Cabaré” de Leonardo e Bruno e Marrone vem se consagrando como uma das maiores apresentações ao vivo dos últimos tempos. O Movimento Country apurou que foram investidos mais de R$ 5 milhões para a gravação do novo DVD do projeto, e a tecnologia usada foi de última geração, assim como os detalhes mínimos que foram organizados para sair o mais perfeito possível.

O “Cabaré” tem cerca de 90 shows confirmados para 2022, mas não acontecem com frequência, já que Leonardo e Bruno e Marrone cumprem sua carreira paralelamente. Dessa forma, o Movimento Country separou para vocês a agenda de shows do Cabaré, bem como outras apresentações futuras da dupla, já com data e local.

Confira:

15/01/2022 – Florianópolis/SC
20/01/2022 – São Paulo/SP
11/02/2022 – Rio de Janeiro/RJ

“Cabaré” pode virar festival sertanejo com Leonardo e convidados
Não há dúvida que “Cabaré”, show criado e idealizado por Eduardo Costa mudou drasticamente a carreira do cantor Leonardo, que ganhou fama e notoriedade nos anos 90 após enorme sucesso ao lado do seu irmão com a dupla Leandro e Leonardo.

No currículo, o cantor acumula sucessos que ficaram eternizados na música sertaneja como “Pense em Mim”, “Não Aprendi Dizer Adeus”, “Um Sonhador”, entre outros grandes hits. No entanto, a carreira do pai de Zé Felipe estava estagnada e até um pouco ofuscada por causa da explosão do sertanejo universitário, mas com a chegada de “Cabaré”, Leonardo se reinventou e voltar a ganhar o merecido status de um dos maiores cantores sertanejos de todos os tempos.

Mas o projeto ficou marcado por diversas polêmicas, principalmente envolvendo seus parceiros como Eduardo Costa e Bruno, da dupla com Marrone. Declarações polêmicas e machistas, excesso de bebedeira e, por último, o cantor Bruno surgiu supostamente excitado em um show o que acabou causando uma enxurrada de críticas.

Os problemas começaram com a substituição de Eduardo Costa por Bruno e Marrone no início deste ano, o que causou uma certa rejeição do público que estava acostumado com a formação original do projeto. Os problemas são tantos, que recentemente foi cogitado o fim do projeto, que já chegou a ser um dos mais importantes do Brasil com o cachê avaliado em R$ 800 mil em 2018, o maior cachê daquela época.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Um ícone chamado Leonardo: A mudança de gerações e a reinvenção da música sertaneja
Cantora sertaneja Marília Mendonça é única mulher entre os dez artistas mais ouvidos em 2022
Deixe seu comentário

No Ar: Estação 104