Sábado, 02 de março de 2024

Sábado, 02 de março de 2024

Caso chocante de Marília Mendonça: Revelações finais da polícia agitam o País

A Polícia Civil de Minas Gerais promete fechar o caso do trágico acidente de avião que levou a vida da cantora sertaneja Marília Mendonça, após relatório do Cenipa.

A luz no fim do túnel está à vista para a investigação que envolve a trágica perda da estrela do sertanejo, Marília Mendonça. Segundo fontes oficiais, a Polícia Civil de Minas Gerais está se preparando para encerrar a investigação do acidente de avião que vitimou a cantora em 2021.

O desfecho deste inquérito complexo e emocionalmente carregado virá logo após a divulgação do relatório conclusivo do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos).

Em uma declaração oficial, a Polícia Civil confirmou, “De posse das informações técnicas relacionadas à aeronave, a PCMG informa que concluirá as investigações nos próximos dias. Após a finalização dos trabalhos de polícia judiciária, o resultado será amplamente divulgado por meio de coletiva de imprensa“.

O relatório menciona uma “avaliação inadequada” feita pelo piloto na abordagem do pouso. Apontou ainda que a aeronave colidiu com um cabo de uma torre de distribuição da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais), situada fora da zona de proteção do aeródromo local.

O Cenipa fez questão de ressaltar que o relatório não tem como objetivo designar culpados no trágico evento. Ao invés disso, o foco está em apresentar sugestões que aprimorem a segurança aeronáutica e previnam a repetição de tais acidentes.

Em meio às conclusões deste relatório, o advogado da família de Marília Mendonça refuta a ideia de falha humana. “As opções e as decisões tomadas pelo piloto na ocasião não foram tidas como irregulares. Ainda que ele tenha mudado o plano de voo, estava dentro daquilo que é de possibilidade do piloto, então a gente vai agora para a questão do obstáculo“, avalia Robson Cunha.

O representante legal da filha do piloto, por outro lado, aponta a Cemig como a verdadeira responsável pelo acidente. “Eles tentam arrumar alguma coisa para não dizer só que foi a Cemig. O simples fato de mandarem sinalizar a linha e emitirem uma carta de aproximação visual, que já deveria estar lá e não estava, confirma que o piloto não teve nada que ver com isso“, afirma a Splash Sérgio Alonso.

No entanto, à medida que as investigações chegam ao fim, muitos ainda buscam entender e encontrar algum sentido na abrupta perda da amada cantora. Marília Mendonça, cuja música tocou o coração de milhões, será para sempre lembrada em suas canções e no amor de seus admiradores.

 Foto: Divulgação

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Sem Simaria, Simone Mendes acumula recordes na carreira
Zé Felipe é detonado por fãs após novidade: “Perdendo seguidores”
Deixe seu comentário

No Ar: Night 104