Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Gusttavo Lima pode ser o sertanejo mais bem pago da história

De acordo com a Jornalista Fábia Oliveira, o cantor sertanejo Gusttavo Lima pode ser o artista mais bem pago da historia da música. Após Gusttavo Lima se tornar um dos músicos mais lucrativos da história da música brasileira, a jornalista Fábia Oliveira aposta que os próximos anos serão ainda melhores para o marido de Andressa Suita.
Nos últimos tempos, antes da pandemia, a colunista do portal iG teve acesso a uma lista, no mínimo curiosa, que mostra os sertanejos com os maiores cachês do Brasil atualmente.

No topo do valioso ranking, Gusttavo Lima é o cantor que tem o show mais caro do país na atualidade.
Para contar com a presença do músico mineiro em um evento, o contratante ou patrocinador devem desembolsar, em média, R$ 700 mil. E mais: se for para contratar a festa “Buteco do Gusttavo Lima”, o cachê do cantor chega a casa dos R$ 800 mil, no mínimo. Já o nome de Luan Santana desponta em segundo lugar no ranking.

O jovem sul mato-grossense cobra aproximadamente R$ 320 mil de cachê para suas apresentações. De acordo com a lista, Wesley Safadão, Marília Mendonça e a dupla Zé Neto e Cristiano faturam cerca de R$ 300 mil para cada um dos seus shows. Mas vale ressaltar que essas cifras mudam sempre e depende muito do momento do mercado, o passe e a valorização de cada artista, entre outros fatores.

Jorge e Mateus
Com mais de 16 anos de carreira a dupla que já emplacou dezenas de sucessos nas rádios de todo o Brasil e conquistou o topo em todas as plataformas de streaming do Brasil subiu uma posição no ranking dos sertanejos mais bem pagos. Atualmente o cache de Jorge e Mateus é de R$500.000.

Henrique e Juliano
A dupla Henrique e Juliano que conquistou o Brasil com o hit “Não tô valendo nada” em 2013, está no ranking dos cachês mais bem pagos do país. Isso porque, com o sucesso estrondoso feito pela dupla que acumula mais de 7.8 milhões de ouvintes mensais no Spotify, e ultrapassou a marca de 11 bilhões de visualizações no YouTube. Atualmente o cachê da dupla Henrique e Juliano é de R$450.000.

A dupla Henrique e Juliano que conquistou o Brasil com o hit “Não tô valendo nada” em 2013, está no ranking dos cachês mais bem pagos do país. Isso porque, com o sucesso estrondoso feito pela dupla que acumula mais de 7.8 milhões de ouvintes mensais no Spotify, e ultrapassou a marca de 11 bilhões de visualizações no YouTube. Atualmente o cachê da dupla Henrique e Juliano é de R$450.000.

Zé Neto & Cristiano
Naturais de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, Zé Neto e Cristiano iniciaram a carreira em 2011. A partir daí, o trabalho árduo trouxe o amadurecimento artístico na carreira da dupla que lançou dois álbuns até 2014.

Em 2015 os sertanejos alcançaram definitivamente a consagração nacional com o lançamento do terceiro CD e primeiro DVD da carreira com a música “Seu Polícia”. Atualmente o cachê da dupla Zé Neto e Cristiano está avaliada em R$ 400.000.

Zé Felipe
Filho mais famoso de Leonardo, o cantor Zé Felipe superou as dificuldades em sua carreira e se transformou em um dos principais cantores sertanejos da atualidade. Quem antes lutava para ter um sucesso mesmo com parcerias grandes com Gusttavo Lima e o próprio pai, hoje emplaca um hit atrás do outro e ostenta um dos maiores cachês da música sertaneja.

Segundo informações apuradas pelo Movimento Country, o cachê de Zé Felipe está em torno de R$ 350 mil, podendo variar dos R$ 300 mil e chegar até a R$ 350 mil. O valor deu um verdadeiro ‘boom’ por causa do sucesso que o cantor vem conquistando no último ano e, para se ter uma ideia, hoje ele é o terceiro cantor mais popular do Brasil no Spotify.

Luan Santana
Luan Santana está entre os cantores sertanejos mais bem pagos no país. Com mais de 11 anos de carreira, o sertanejoconquistou o coração dos brasileiros com diversos hits que falam sobre amor, como o single “Morena”, que entrou na parada da Billboard. Atualmente o artista ensaia sua carreira internacional e o cachê de Luan Santana está custando aproximadamente R$350.000

Maiara e Maraisa
Donas de uma mansão luxuosa, as irmãs e cantoras sertanejas, Maiara e Maraisa fazem sucesso nacional desde o hit “10%” que as colocaram no topo das paradas. Desde então, as artistas estão na lista das vozes femininas que dominaram o mercado sertanejo, sendo muito representativas na vertente “feminejo”do meio. Mesmo após o cancelamento da turnê “As Patroas” o cachê de Maiara e Maraísa está avaliado em torno de 300 mil reais.

Bruno e Marrone
A dupla foi formada em 1984, em Goiânia, no estado de Goiás. Bruno e Marrone são considerados uma das melhores duplas sertanejas da atualidade apesar de estarem envolvidas em diversas polêmicas recentes como a última Live “Cabaré “que foi muito criticada pelo público. O patrimônio da dupla se aproxima dos bilhões de reais, isso tudo contando as mansões, carros luxuosos, fazendas, helicóptero e outros. O cachê da dupla Bruno e Marrone está avaliado em R$ 300.000

Leonardo
Um dos nomes de maior sucesso do mundo sertanejo, Leonardo segue em alta mesmo após tantos anos de carreira e tem faturado bastante com seus shows.

O cantor, aliás, já pode se dar ao luxo de escolher quais shows e eventos fará, diferentemente dos artistas novos que chegam a fazer quase 30 shows em um mês. Ele ainda afirmou no ano passado no programa Fantástico da Rede Globo, que a sua turnê “Cabaré” já tem mais de 80 shows confirmados esse ano e conta ainda com um cruzeiro marítimo. O cachê do cantor Leonardo está avaliado em R$ 280.000

Simone e Simaria
As ex-back vocais de Frank Aguiar já chegaram a se apresentar em barzinhos e ganhavam muito pouco cada vez que iam tocar em um lugar. No entanto após emplacar sucessos consecutivos como “Meu Violão e nosso cachorro”, “Quando o Mel é bom a Abelha sempre Volta”, “Loka”entre outros o cachê da dupla Simone e Simaria estava avaliado em R$ 250.000 antes das irmãs decretarem o fim da dupla.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Cantora sertaneja Simone Mendes sofre acidente na estrada e faz desabafo nas redes sociais
Após tentar ficar com fortuna de Marília Mendonça, justiça nega direito a herança à ex-empresário
Deixe seu comentário

No Ar: Tá no prato da 104