Sexta-feira, 01 de março de 2024

Sexta-feira, 01 de março de 2024

Bruno se pronuncia após acusações de machismo e desabafa: “Aprende com o erro”

O cantor sertanejo Bruno, da dupla Bruno e Marrone, fez um duro desabafo após ser acusado de machismo por “piada” com mulheres e se defendeu.

Mais uma polêmica envolvendo a dupla Bruno e Marrone ganhou uma nova atualização. A dupla sertaneja, que recentemente teve um show adiado por falta de público e teve uma suposta separação anunciada em um programa de TV, voltou a ser assunto na internet com atitudes do cantor Bruno.

Isso porque, recentemente, Bruno foi acusado de machismo ao fazer “piada” com a foto de duas mulheres sem a sua autorização, sendo uma delas a influenciadora Luana Targino. Na ocasião, o cantor sertanejo compartilhou a foto das amigas segurando um peixe com a legenda “Tilaska, tilápia e tikebra”.

Após a repercussão, Luana publicou uma nota de repúdio em suas redes sociais e disse que iria entrar com medidas judiciais contra o parceiro de Marrone pelos dados causados às mulheres, o acusando de machismo:

“É inadmissível, em qualquer setor da sociedade, a propagação ou incitação de discurso misógino, como se as mulheres fossem objeto de consumo, sobretudo partindo de uma pessoa com tamanha expressão no meio artístico, tal qual cantor Bruno. Ainda que a publicação tenha sido removida pelo cantor após a óbvia repercussão negativa, os danos advindos da exposição ultrajante à imagem de Luana se perpetuam com a viralização do conteúdo nas redes sociais”.
“Diante disso, a assessoria jurídica da influenciadora vem a público repudiar o ocorrido e informar que está adotando as medidas cabíveis necessárias para mitigar os danos causados à sua imagem e evitar que esse tipo de discurso continue sendo reproduzido em desfavor das mulheres. Qualquer mulher, independentemente de sua profissão, pode vestir e publicar o que bem entender. E nem por isso deve tolerar que sua imagem seja tratada ou sexualidade de forma repugnante, tanto na internet quanto fora dela”, finalizou a nota.

Agora, meses após o ocorrido, Bruno comentou sobre a polêmica e acusações de machismo. Em uma participação no programa Fofocalizando, o cantor sertanejo lamentou a repercussão e fez um desabafo: “Às vezes fica chato, mas a gente tem que aceitar a opinião das pessoas. A gente não muda a opinião das pessoas. Tudo é crescimento espiritual nosso. A gente aprende com o erro“.

Além disso, Bruno e Marrone aproveitaram para negar, mais uma vez, os boatos de separação da dupla sertaneja: “Claro que vai terminar, quando a gente morrer. Todo mundo vai morrer”, brincaram.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Amado Batista confessa que nunca pensou em formar uma dupla sertaneja
Reynan e Rayssa registram primeiro DVD da carreira em São Paulo
Deixe seu comentário

No Ar: Estação 104