Domingo, 03 de março de 2024

Domingo, 03 de março de 2024

Extintos da TV aberta, programas sertanejos poderiam bombar a audiência das grandes emissoras

Os programas sertanejos foram uma tradição nos programas de TV aberta nas últimas décadas, especialmente na ‘velha geração’ da música. Mas, a partir de qual momento eles passaram a ser extintos e se tornaram raridade para o público? E será que uma volta triunfante poderia movimentar os índices de audiência de maneiras que, há tempos, não presenciamos na televisão brasileira?

Vamos começar essa análise relembrando alguns dos maiores programas sertanejos que marcaram histórias e serviram de porta de entrada para muitos cantores e duplas rumo ao sucesso nacional. Há décadas, os sertanejos dominavam a TV aberta e conquistavam grandes audiências celebrando a cultura caipira e apresentando seus maiores sucessos.

Fomos ao fundo do baú para te relembrar de alguns dos principais programas sertanejos que se eternizaram no coração dos fãs. Entre eles, se destacaram:
“Festa na Roça”
“Som Brasil”
“Estação Brasil”
“Especial Sertanejo”
“Raízes do Campo”
“Brasil Rural”
“Terra Nativa”
“Viola, Minha Viola”
“Sabadão Sertanejo”
“Bem Sertanejo”
E muitos outros!

Nomes como Chitãozinho e Xororó, Guilherme e Santiago, Inezita Barroso, Michel Teló e muitos outros se mostraram grandes apresentadores e ‘camaradas do público’. E até Donizeti Camargo, voz de “Galopeira” que virou caminhoneiro após perder tudo durante a pandemia, aproveitou dessa oportunidade para se consagrar com a grande massa.
Sendo predominantes na década de 80, 90 e até nos anos 2000, os programas sertanejos passaram a ser cada vez mais desligados da TV aberta. O motivo? Não sabemos, mas temos a certeza de que emissoras perderam grandes níveis de audiência com a mudança em suas programações.

Após as mortes de Inezita Barroso (1925/2015) que comandava o clássico “Viola Minha Viola”, na TV Cultura, e Rolando Boldrin (1936 – 2022), que comandava o “Sr. Brasil”, da TV Brasil, o público ficou com opções bem restritas de programas sertanejos na TV aberta.

Recentemente a Globo inseriu o “Bem Sertanejo” no Fantástico sob o comando de Michel Teló, mas não deu espaço para o programa brilhar sozinho, o que poderia muito bem angariar novos públicos. E em um passado não muito distante, a emissora também apostou no especial “Amigos” e também no projeto “Sintonize”, que foi gravado durante um dos festivais do VillaMix.

Voltar

Compartilhe esta notícia:

Chitãozinho e Xororó já cantaram música que virou hino do Brasil. Você sabia?
Após viver um relacionamento abusivo, Maiara diz que não casar foi um livramento
Deixe seu comentário

No Ar: Estação 104